até doi

terça-feira, julho 13

mesmo que nao entendam


era um boca bem pequenina, curta. nao chegava ao ponto de se contradizer porque nada do que tentava fazia sentido. foi, pensou que podia crescer e naturalizar todo o sobrenatural. tentou normalizar-se e encontrar um ponto de equilibrio social, mas não, não resultou. então, a personalidade ensinou-lhe que o sobrenatural nao tinha que se tornar natural, nem a sociadade se devia encontrar com ela, continuou o rasto forte e cheio de vida, e, começou a falar.

2 comentários:

InesSofia disse...

http://inespirit.blogspot.com/2010/07/minha-lua-minha-mulhere-da-chuva-3-tu.html#comments

- quando puderes, vê amor. {é importante}

Nitinha disse...

Adorei, muito bom :D